Estrada da vida.

Paulinha Pereira

Estrada da vida.Estrada da vida.

Ah! se eu entendesse a vida.

E o rumo que vai tomar.
Pagaria para ver até onde vai chegar.
Cada parte da jornada.
Sozinha ou acompanhada.
Posso até me dispersar.
Mais sempre volto para estrada.
Vou caminhando ou de carona, as vezes pago condução.
Mas a vida é engraçada.
E até machuca o coração.
Mais é dor que passa logo.
E se não passa fortifica.
E é essa dor morteira que quase sempre edifica.
Pois as batalhas nos prepara.
Para guerra do caminho.
Ainda bem que tenho um pai.
Que não deixa nenhum filho andar sozinho.
Esse pai é lá do céu.
Falo com ele tudo dia.
Ele esta comigo na tristeza e na alegria.
Da vida eu não sei nada.
E nem quero mais saber.
Só te falo uma coisa:
Feliz ainda vou ser…

By. Paulinha Pereira By. Paulinha Pereira

Ver o post original

Anúncios

Mais uma vez amor…

amor

De tudo que já vivi até hoje.
Nada se compara a esse amor.
Onde em seus braços me sinto segura.
Me protege com um só abraço de toda dor.

Quando a noite me envolve em seus braços.
Com o seu calor me aquece do frio.
Entre carinho caricias e cuidados.
E pegadinhas que causa na pele um arrepio.

Sentimento verdadeiro.
Que vai além da vontade carnal.
Que nos alegra só em estar perto um do outro.
Que nos faz esquecer de tudo que é mal.

By. Paulinha Pereira